Tão perto Tão longe “So close So far”

Tão perto Tão longe “So close So far”

Sentados à mesa do restaurante, música ambiente, jantar à luz de velas, clima romântico… celulares em punho e que comece a ‘guerra dos dedos’.
Cada dia mais observamos cenas cotidianas ou momentos “especiais” , que no mínimo há alguns anos atrás, poderiam ser classificados como duvidosos.

So close So far
Quem nunca se deparou ou contracenou alguma cena parecida, que atire o primeiro ‘celular’, aliás diga-se de passagem, já temos até olimpíadas para tal modalidade. Ok, o que diriam os mais modernos: “WhatsApp ou What’s Up Doc?”.
A midia se utilizará de todos os recursos e meios para chamar a atenção de seus potenciais consumidores, e com certeza o celular “mobile” é a ferramenta da vez.

Vamos deixar os “gadgets” de lado só um pouquinho e celebrar os bons momentos juntos.

“Faça amor não faça guerra”. Marcuse

link foto: http://www.flickr.com/photos/27147/4245631417/in/photostream/